Inova Mineral

Inova Mineral

Inova Mineral – Plano de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Inovação do Setor de Mineração e Transformação Mineral
Fonte: FINEP

Inova Mineral é uma iniciativa conjunta da Finep e do BNDES de fomento e seleção de planos de investimento que contemplem o desenvolvimento tecnológico, produção e comercialização de produtos, processos e/ou serviços inovadores e mais sustentáveis, visando ao desenvolvimento de empresas e tecnologias brasileiras nas cadeias produtivas da indústria de mineração e transformação mineral.

Com recursos estimados em R$ 1,18 bilhão, a ação objetiva selecionar Planos de Negócios de empresas brasileiras que contemplem temas comprometidos com as atividades de pesquisa, exploração e transformação mineral, insumos, máquinas, equipamentos, softwares e sistemas, além das atividades de lavra e beneficiamento mineral, contribuindo dessa forma para as políticas de inovação, de competitividade e de sustentabilidade nesses segmentos.

Objetivos específicos

  • Estimular o avanço na cadeia produtiva de Minerais Estratégicos “Portadores de Futuro”, incluindo a fabricação dos metais, materiais de alto desempenho e suas aplicações.
  • Aumentar a disponibilidade, desenvolver fontes alternativas e novas rotas de processo para os Minerais Estratégicos de Elevado Déficit Comercial, com foco em Fosfato e Potássio.
  • Fomentar o desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas técnicos que resultem em grandes impactos positivos na indústria mineral.
  • Fomentar o desenvolvimento de soluções capazes de reduzir ou mitigar riscos e impactos ambientais das atividades de mineração.
  • Aumentar o patamar tecnológico da cadeia nacional de fornecedores, priorizando o desenvolvimento de engenharia nacional e absorção de novas tecnologias.

Estimativa de recursos e instrumentos de apoio

A iniciativa considera a atuação integrada de vários instrumentos de apoio através das modalidades de crédito, subvenção econômica e projetos cooperativos entre instituições (ICTs) e empresas. As empresas também poderão receber recursos através de participação acionária.

Os recursos estimados para operações contratadas de 2017 a 2018 são de R$ 1,18 bilhão, de acordo com os seguintes instrumentos de apoio:

Instituição Instrumento de Apoio Valor
BNDES Crédito e Instrumentos de
Renda Variável
R$ 500 milhões
Fundo Tecnológico (FUNTEC) R$ 90 milhões
Finep Crédito e Instrumentos de
Renda Variável
R$ 460 milhões
Cooperação com ICT´s
Subvenção Econômica
R$ 130 milhões

Linhas Temáticas

As linhas temáticas serão objeto de consulta a parceiros e potenciais clientes empresariais e/ou acadêmicos, para coleta de contribuições para o sucesso do plano.

As contribuições do público podem ser feitas de 01.06.2016 a 01.07.2016, por meio de ferramenta específica neste site.

  • Linha 1: Minerais Estratégicos “Portadores de Futuro”*
    1.1 Desenvolvimento tecnológico e aprimoramento de métodos de pesquisa mineral e de processos de lavra, beneficiamento e transformação dos minérios selecionados.
    1.2 Desenvolvimento tecnológico e aprimoramento de processos de produção de ligas, compostos e materiais de alto desempenho.
    1.3 Pesquisa e desenvolvimento tecnológico de produtos e aplicações inovadoras baseadas nas propriedades específicas dos elementos relacionados.
    * Cobalto, Grafita, Lítio, Metais do Grupo da Platina, Molibdênio, Nióbio, Silício (Grau Solar), Tálio, Tântalo, Terras Raras, Titânio e Vanádio
  • Linha 2: Minerais Estratégicos com Elevado Déficit Comercial: Fosfato e Potássio
    2.1 Desenvolvimento tecnológico e aprimoramento de métodos de pesquisa mineral e processos de lavra, beneficiamento e processamento dos minérios selecionados.
    2.2 Pesquisa e Desenvolvimento tecnológico de fontes alternativas e rotas de processamento para produção de nutrientes de origem mineral (P e K) para agricultura.
    2.3 Pesquisa e Desenvolvimento tecnológico de produtos fertilizantes minerais mais eficientes e mais adaptados às culturas brasileiras.
  • Linha 3: Tecnologias de Mineração
    3.1 Tecnologias de processos com foco no aumento da recuperação dos minérios de interesse.
    3.2 Tecnologias de processos com foco no aproveitamento e aglomeração de finos e ultra finos.
    3.3 Tecnologias de processos de desumidificação de minérios.
    3.4 Tecnologias de processos hidrometalúrgicos e de bioprocessamento.
    3.5 Tecnologias de processos e insumos que promovam o uso mais eficiente do carvão mineral nacional.
    3.6 Tecnologias em metodologias de prospecção e exploração mineral.
  • Linha 4: Tecnologias e Processos para Redução e Mitigação de Riscos e Impactos Ambientais
    4.1 Tecnologias para recuperação e reaproveitamento de resíduos e elementos dispersos, incluindo processos para destinação alternativa de uso.
    4.2 Tecnologias para recuperação, reutilização, redução ou eliminação de água utilizada nos processos.
    4.3 Tecnologias para eliminação do uso de elementos contaminantes na produção e beneficiamento de minérios.
    4.4 Novos sistemas e tecnologias de baixo risco ambiental para deposição de resíduos.
    4.5 Novos sistemas e tecnologias de construção, monitoramento e controle de barragens e riscos ambientais.
    4.6 Mecanismos inovadores de fechamento de mina e reabilitação de áreas degradadas.
  • Linha 5: Desenvolvimento e Produção Pioneira de Máquinas, Equipamentos, Softwares e Sistemas para a Mineração e Transformação Mineral
    5.1 Prospecção e exploração mineral.
    5.2 Planejamento e otimização de operações de mineração.
    5.3 Automação e controle de operações mineiras e de transformação mineral.
    5.4 Lavra, Beneficiamento e Transformação Mineral mais eficientes, incluindo redução do consumo energético e emissões.

Mais informações:
Esclarecimentos acerca do conteúdo deste Plano poderão ser obtidos através dos seguintes e-mails novamineral@bndes.gov.br ou inovamineral@finep.gov.br.

Deixe um comentário